Economizando para viajar

12/06/2015

                Pensamos em viajar, logo pensamos em dinheiro. Mas como fazer isso quando você ainda não é um super diretor de empresa que tem um mega salário?

                Uma coisa que aprendi com o tempo e, claro, errando e gastando muito, é que você não precisa ganhar muito para ter as coisas ou conseguir fazer coisas grandes como viajar. A primeira coisa que você precisa é diferenciar o que é essencial para sua vida e o que não é. Sabendo isso, você irá perceber que irá sobrar um bom dinheiro por mês para investir em algo realmente lucrativo: viajar.

                Para poder salvar dinheiro para qualquer coisa, é preciso se adequar a um nível de consumo bem abaixo do costume. Esse processo muitas vezes é complicado, mas, acredite em mim, é possível e se torna mais fácil com o tempo. Por isso, vou listar algumas coisas importantes a fazer. Não sou nenhum especialista em finanças, mas como a maioria das pessoas, preciso economizar para ter as coisas.

1 -  Anote cada centavo que gastar

                O processo de anotar parece estranho e desnecessário, mas pode ter certeza que só com as anotações você identificará alguns gastos e verá que, de pouco em pouco, você consome todo seu salário em coisas supérfluas.

2 – Corte gastos fixos desnecessários

                Você irá ver muita diferença quando começar a pensar o que realmente precisa para ter uma boa qualidade de vida, o que é conforto necessário e o que é supérfluo. Porém, prepare-se para pedir ajuda, pois às vezes é preciso aquele melhor amigo para lhe dizer que algo é desnecessário. Cortar coisas do seu cotidiano é sair da zona de conforto e alterar em alguns momentos seu psicológico. Então, não desista nos primeiros dias.

                - Precisa da TV a cabo caríssima sendo que você não tem muito tempo em casa e, quando tem, utiliza o Netflix?

                - Precisa do seu enorme plano de celular sendo que utiliza Wi-Fi e WhatsApp na maior parte do tempo?

                -Telefone fixo e celular? Alguém ainda usa telefone fixo? Cancele junto com a TV.

                - Plano de academia para ir uma vez por semana correr na esteira? Isse é algo que muitas pessoas não concordariam, mas muitos pagam a mensalidade da academia e não utiliza. Então, se você se enquadra nesse quesito, cancele a academia e comece a correr na rua, mas não deixe de correr, pois exercícios são necessários para uma boa qualidade de vida.

                - Assinaturas de jornais, revistas e sites, é necessário? Hoje, é possível achar todas as notícias de graça. Para que pagar por elas se os anunciantes já pagam?

3- Controle seus gastos necessários

                -LUZ: Saiu do cômodo, apegue a luz, mesmo que seja por 10 minutos. Tire o carregador da tomada. Não deixe os equipamentos em stand by. Desligue o computador sempre que não estiver utilizando. Feche bem a porta da geladeira. Use lâmpadas eficientes. Coloque o ar condicionado no timer.

                -ÁGUA: Banhos rápidos (sem frescuras, você sabe que é possível). Enxague a louça só depois de ensaboar tudo, não deixe a água correndo.

                -ALIMENTAÇÃO: Leve comida para o trabalho e para a faculdade. Corte o café na rua. Sempre leve sua garrafinha, assim você nunca precisará comprar água.

                -TRANSPORTE: Não use carro, existem várias maneiras de se locomover. A minha sugestão sempre é a bicicleta, mas ainda existem trens e ônibus. Se você tem essas opções, use-as. Carro é a maior desculpa pra ficar na zona de conforto e todos sabem o valor da gasolina.

4- Cartão de Crédito

                - Fique com apenas um, esconda-o muito bem dentro da sua casa e só use em emergências. Compras pela internet não são emergências.

5- Roupas

                - Não compre, vasculhe os armários. Você sempre irá achar roupas quase novas que ficarão perfeitas em você. Conserte, reinvente, customize. Essas coisas deixarão vocês com muito mais estilo que as roupas da vitrine.

6- Venda suas coisas antigas

                Faça uma limpa na sua casa e você irá achar muita coisa que pode vender ou trocar.

7 – Defina um objetivo

                Para conseguir realizar os itens anteriores, é importante que saiba seu objetivo e quanto isso irá custar. Ter ele sempre em mente irá lhe ajudar na hora de avaliar a necessidade de comprar algo. Então, lembre-se, tenha sempre seu objetivo em mente. Às vezes ter um papel escrito na carteira irá lhe ajudar a motivar a não comprar algo.

8 – FOCO

                Essa jornada de salvar dinheiro também pode se tornar cansativa. Você verá seus amigos fazendo muitos programas “legais”, algumas vezes, escorregará, em outras, mas mantenha em mente o que você quer.

                As redes sociais não ajudam muito. Mas lembre-se: uma foto em Paris, Londres, Dublin, Malta, Nova York, Toronto, Sydney, Auckland, enfim, de qualquer viagem é muito mais legal que um sushi que você nem gosta tanto. Mas espero realmente que seu objetivo seja aprender com uma viagem, e não postar fotos.

               Lembre-se, não existe fórmula mágica para guardar dinheiro, e também não é fácil, mas é possível e gratificante.

 

Por Guilherme Bastiani