Na Irlanda, você pode trabalhar enquanto estuda idiomas, mas para isso é necessário obedecer algumas regras.

Você precisa estar matriculado num curso de idiomas com duração de 6 meses em uma escola credenciada no ILEP, que é o órgão que regulamenta a qualidade de ensino. Com esses 6 meses, você ainda ganha mais 2 meses de férias, totalizando 8 meses de visto com permissão de trabalho.

Durante os meses em que estiver estudando, você terá a permissão para trabalhar 20 horas por semana, mas é importante obedecer essa regra, pois se ultrapassar as horas, poderá ter problemas com o seu visto.

No período entre junho e setembro, e entre 15 de dezembro e 15 de janeiro existe a possibilidade de trabalhar 40 horas por semana, contudo, você deverá estar de férias das aulas. O ideal é que suas aulas comecem em Janeiro, assim ao final do curso poderá ter dois meses de férias para trabalhar as quarenta horas, porém, caso ainda não tenha acabado o curso, é possível tirar um mês de férias, desde que a escola aceite.

O salário mínimo na Irlanda é de 9.15 euros por hora, o que é o suficiente para o custo de vida de um estudante na Irlanda.

Visto de turista para permanência de até 90 dias

Na Irlanda, estudantes matriculados em cursos de inglês com duração de até 12 semanas não precisarão solicitar visto no Brasil e poderão estudar de 15 a 25 horas semanais. Este visto é obtido na entrada do país, quando o estudante deverá demonstrar o que irá fazer, onde irá ficar, se tem a passagem para retornar e dinheiro suficiente para suas despesas.

Por via de regra este visto não poderá ser renovado. Caso o estudante queira posteriormente solicitar o visto de estudante com permissão para trabalhar, precisará sair do país e entrar com matricula para curso que permita o visto de estudante e trabalho.

O Visto de Turismo NÃO permite que o requerente trabalhe, em quaisquer circunstâncias.

Visto de Estudante

O Visto de estudante permite que estudante estude e trabalhe por 20 horas semanais durante o período de aula e período integral durante o período de férias, desde que, suas férias sejam entre 15/12 a 15/01 ou no verão entre os meses de junho, julho, agosto e setembro. As férias representam até dois meses para alunos matriculados no programa de 25 semanas e poderão ser maiores para alunos matriculados em cursos de nível superior.

A principal condição para se obter este visto de estudante é fazer uma matricula num curso de no mínimo de 25 semanas de duração, com um mínimo de 15 horas de aula por semana, de segunda à sexta-feira, entre 9h da manhã e 5h da tarde. Além disso, ao final do curso, o estudante deve fazer um exame de proficiência para fins de controle de qualidade pelas autoridades Irlandesas, os quais possuem a função de avaliar a qualidade de ensino acadêmico da instituição e ao mesmo tempo, certificar-se que o estudante realmente foi na aula.

Este visto não será obtido no Brasil, mas sim na Irlanda. Após a chegada e início das aulas. O principal pré-requisito é o estudante comprovar a disponibilidade de EUR 3000, este dinheiro é o que o governo exige que você leve para as suas despesas, mas não necessariamente você irá gastar todo este valor. Oferecemos serviço de assessoria gratuita para obtenção do visto de estudante. Veja mais detalhes de como levar o dinheiro em nosso blog.

Um país com uma das culturas mais marcantes e mágicas da Europa, a Irlanda pode ser surpreendente. Os pubs já fazem parte da cultura desse país, são o ponto de encontro de todos para o happy hour, e eles caracterizam bem o estilo amigável, alegre e acolhedor do povo irlandês.

Um dos países mais procurados por estudantes que desejam aperfeiçoar ou aprender a língua Inglesa. É um dos destinos mais acessíveis para quem quer um programa de estudo e trabalho.

O custo de vida na Irlanda é outra coisa atraente, comprar roupas, alimentos e algumas opções de entretenimento são muito baratos. Um país que já teve grande parte de sua economia voltada para a agricultura, hoje dá muita importância para indústria, comércio e turismo.

É um país rico em belezas naturais, como o Glendalough, o vale dos lagos, Cliffs of Moher e as formações rochosas, é a terra dos suntuosos castelos, dos acolhedores pubs, de boa música, e de uma cultura rica.

E um lembrete: se cruzar com o Leprechaun na sua ida pra lá, não esqueça os seus três desejos!

Quer saber mais sobre como é morar na Irlanda, fale com um de nossos consultores ou solicite orçamento online. Let’s go Folks.

Na Irlanda, você pode trabalhar enquanto estuda idiomas, mas para isso é necessário obedecer algumas regras.

Você precisa estar matriculado num curso de idiomas com duração de 6 meses em uma escola credenciada no ILEP, que é o órgão que regulamenta a qualidade de ensino. Com esses 6 meses, você ainda ganha mais 2 meses de férias, totalizando 8 meses de visto com permissão de trabalho.

Durante os meses em que estiver estudando, você terá a permissão para trabalhar 20 horas por semana, mas é importante obedecer essa regra, pois se ultrapassar as horas, poderá ter problemas com o seu visto.

No período entre junho e setembro, e entre 15 de dezembro e 15 de janeiro existe a possibilidade de trabalhar 40 horas por semana, contudo, você deverá estar de férias das aulas. O ideal é que suas aulas comecem em Janeiro, assim ao final do curso poderá ter dois meses de férias para trabalhar as quarenta horas, porém, caso ainda não tenha acabado o curso, é possível tirar um mês de férias, desde que a escola aceite.

O salário mínimo na Irlanda é de 9.15 euros por hora, o que é o suficiente para o custo de vida de um estudante na Irlanda.

Visto de turista para permanência de até 90 dias

Na Irlanda, estudantes matriculados em cursos de inglês com duração de até 12 semanas não precisarão solicitar visto no Brasil e poderão estudar de 15 a 25 horas semanais. Este visto é obtido na entrada do país, quando o estudante deverá demonstrar o que irá fazer, onde irá ficar, se tem a passagem para retornar e dinheiro suficiente para suas despesas.

Por via de regra este visto não poderá ser renovado. Caso o estudante queira posteriormente solicitar o visto de estudante com permissão para trabalhar, precisará sair do país e entrar com matricula para curso que permita o visto de estudante e trabalho.

O Visto de Turismo NÃO permite que o requerente trabalhe, em quaisquer circunstâncias.

Visto de Estudante

O Visto de estudante permite que estudante estude e trabalhe por 20 horas semanais durante o período de aula e período integral durante o período de férias, desde que, suas férias sejam entre 15/12 a 15/01 ou no verão entre os meses de junho, julho, agosto e setembro. As férias representam até dois meses para alunos matriculados no programa de 25 semanas e poderão ser maiores para alunos matriculados em cursos de nível superior.

A principal condição para se obter este visto de estudante é fazer uma matricula num curso de no mínimo de 25 semanas de duração, com um mínimo de 15 horas de aula por semana, de segunda à sexta-feira, entre 9h da manhã e 5h da tarde. Além disso, ao final do curso, o estudante deve fazer um exame de proficiência para fins de controle de qualidade pelas autoridades Irlandesas, os quais possuem a função de avaliar a qualidade de ensino acadêmico da instituição e ao mesmo tempo, certificar-se que o estudante realmente foi na aula.

Este visto não será obtido no Brasil, mas sim na Irlanda. Após a chegada e início das aulas. O principal pré-requisito é o estudante comprovar a disponibilidade de EUR 3000, este dinheiro é o que o governo exige que você leve para as suas despesas, mas não necessariamente você irá gastar todo este valor. Oferecemos serviço de assessoria gratuita para obtenção do visto de estudante. Veja mais detalhes de como levar o dinheiro em nosso blog.

Cidades

Receber promoções por e-mail


Política de privacidade
'