Dicas para conseguir o seu primeiro emprego no exterior

29/05/2018

 

O programa mais procurado de intercâmbio é o que permite trabalhar, além de adquirir uma fonte de renda enquanto você estuda no exterior, trabalhar lhe dará uma experiência única e uma alavancagem no seu idioma.

Essa experiência e principalmente o dinheiro recebido é o foco de muitas pessoas, mas como achar um emprego no exterior?

Listamos algumas dicas que pode lhe ajudar um pouco nessa busca, mas já alertamos desde o começo, procurar emprego depende só de você. Você pode ter muita experiência, ter um ótimo currículo e educação, se você não procurar, não achará, pode ser no exterior ou no Brasil.

 

Currículo

Como aqui no Brasil, em qualquer lugar no mundo, será necessário ter um currículo para facilitar a procura de emprego. Isso porquê é no currículo que você vai falar de você, suas experiências, vida acadêmica e objetivos.

É muito importante achar um modelo utilizado no país no qual está procurando emprego e claro, saber um pouco mais sobre as regras. Como por exemplo, em alguns países não é permitido ter fotos nos currículos, já em outros lugares, pode ser necessário.

Seja objetivo ao descrever o que está procurando e suas experiências. Usar o mesmo currículo para procurar várias oportunidades pode não dar certo. Se você está procurando vagas em mais de uma posição, como por exemplo, garçom e auxiliar de cozinha, não é interessante utilizar o mesmo currículo, pois é importante salientar as experiências e qualificações para a vaga que está procurando e pode ser que experiências diferentes não seja tão bom como uma sólida experiência.

Em muitos casos, o estudante está procurando uma vaga que ele nunca teve experiência anteriormente aqui no Brasil. É muito comum os homens procurar vagas como lavador de prato, mas nunca tenha trabalhado com isso. Isso não é problema, mas nenhuma experiência pode dificultar, então você pode salientar coisas do dia a dia, eventos que pode ter trabalhado, ou ajudado amigos em restaurantes. Porém, não aconselhamos mentir no currículo, forjar experiências que você não tem a menor ideia de como é. Na teoria, lavar prato é fácil, na prática, você terá que lidar com vários maquinários e produtos químicos, que pode ser difícil na primeira vez, então ser sincero é a melhor aposta.

 

Cover letter ou carta de apresentação

A cover letter ou carta de apresentação é algo utilizado frequentemente no exterior, é uma página que você entrega junto com seu currículo. Nessa página você falará um pouco sobre você e explicará os seus objetivos.

É interessante falar que você está realizando a experiência de fazer um intercâmbio e que trabalhar irá lhe agregar em muitas coisas. Se você já tem um bom inglês, fale isso, enfatize as suas qualidades, é importantissimo falar no que é bom.

Essa carta serve para seu currículo se destacar, entre os outros, é onde você pode chamar atenção para o objetivo e o que você pode fazer, não só para o que você já fez e experiências. Então quanto menor for sua experiência, melhor tem que ser a sua carta de apresentação.

 

Tipos de emprego

Infelizmente, para a maioria dos brasileiros, as oportunidades de trabalho não serão em áreas técnicas ou administrativas, com certeza você terá que utilizar do seu tempo e braços para realizar esse trabalho, mas felizmente, esses trabalhos pagam tão bem ou se não melhor, que trabalhos “bons”.

Talvez o trabalho mais procurado e com mais demanda em qualquer lugar do mundo, é garçom, essa área sempre terá oportunidades, principalmente nos destinos turísticos. Porém, saiba que você precisá ter um inglês razoável para poder trabalhar, afinal, estará em contato com outras pessoas.

Para as mulheres, é muito comum o trabalho de babá, nesse caso existem duas possibilidades, morar com a família ou não. Mas em qualquer uma delas, você terá que gostar de crianças e ser muito responsável,

 

Como procurar

Existem diversas formas de procurar emprego, algumas são mais eficazes que as outras, mas todas são válidas.

Primeiramente, para quem está chegando no destino e ainda tem que se habituar e talvez aprender melhor a língua. Você pode começar fazendo seu currículo e montado seu perfil em sites de agências ou compartilhamentos de vagas. Essa pode não ser a maneira mais eficaz, mas é bom para se manter ativo e saber como está o mercado.

Porém, não ponha suas esperanças apenas na procura online, pois não tem uma maneira de se destacar. Se você está procurando vaga para ser “mão de obra”, a abrir vaga online é mera formalidade. Provavelmente eles já tenham vários currículos que foram largados em mãos. Então, a procura online é válida para se manter ativo ou para procurar em áreas mais específicas, quando você já tem qualificação e experiência.

Uma forma muito eficaz é ir atrás de agências de recrutamento. Elas tem muita demanda, seja para empregos fixos ou temporários e sempre utilizam o seu próprio banco de dados para suprir as necessidades. Essas mesmas agências, muitas vezes oferecem cursos de capacitações gratuitos, para ter sempre pessoas capacitadas para trabalhar. Como por exemplo, cursos de baristas, garçom, segurança no trabalho, que é obrigatório em muitos países.

As agências de recrutamento são uma forma muito eficaz de conseguir alguma vaga, ficar atualizado com o mercado e ao mesmo tempo se manter capacitado.

Enquanto você fica esperando as agências te ligarem, nada melhor que sair na rua com seus currículos e cartas de apresentações impressas e entregando por onde você caminha. Pode ser uma forma mais desgastante, mas talvez seja a mais eficaz, ir de lugar em lugar deixando currículos. Existem muitas oportunidades de emprego no exterior, mas você tem que literalmente abrir essas portas. Além de não ser feio, demonstra que você realmente está interessado na posição e que é batalhador, então bote a cara a tapa e não tenha medo, não é vergonha nenhuma procurar emprego.

Por último e talvez mais importante, use os seus contatos. Pergunte para os amigos, colegas, conhecidos, professores e todo mundo ao seu redor. A melhor forma de conseguir um emprego é ter uma indicação. Acontece com muita frequência da pessoa que está saindo indicar outro para o seu trabalho. Então pergunte aos amigos, peça ajuda, com certeza pode ser a maneira mais rápida.

 

Com quem falar

Essa é uma regra simples, fale com quem manda. Sempre ao entrar em algum lugar para deixar currículo, pergunte pelo gerente do estabelecimento. Tire a vergonha de lado e peça, - Can I talk to the manager? Se ele estiver e puder falar, ótimo, você irá se apresentar, ser educado, se desculpar por incomodar e agradecer o tempo dele. Por ele parar algo pra falar contigo, seja rápido, fale que está buscando vaga em “tal” posição, que tem “tal” experiência, deixe o currículo e sempre diga que está aberto a testes.

Caso o gerente não esteja ou não possa falar, agradeça a pessoa que te recebeu, deixe o currículo e vá. Muito provavelmente será jogado no lixo ou largado em cima da mesa de alguém, mas não custa tentar.

 

Muitas oportunidades são abertas assim, exitem muitos casos de pessoas começaram a trabalhar na hora que largaram currículo, pois estavam na hora certa no lugar certo. Pra alguns vai parecer que foi fácil e para outros pode ser mais difícil, mas resumindo tudo em uma frase, seria o bordão, “quem procura acha”.

Sempre quando nos perguntam se um lugar é fácil de conseguir emprego ou se um país específico tem oportunidades, sempre diremos que sim. Até podemos orientar quais países são mais tranquilos para conseguir emprego, ou outros que tem oportunidades para mais tempo, porém tudo vai depender de você. Assim como no Brasil, os empregos não vão lhe procurar, mas sim você que vai atrás deles. Quanto mais tempo utilizar para procurar, mas rápido pode dar “sorte”.

Lembrando, disponibilizamos ajuda com currículo, para todos nossos estudantes, assim como uma reunião explicativa para lhe deixar preparado para todo o intercâmbio. E com a nossa equipe de suporte, sempre quando precisar de ajuda e dicas, é só nos mandar uma mensagem.

 

Por Guilherme De Bastiani