Saiba quais são as melhores escolas para seu Intercâmbio

20/03/2018

 

Uma das decisões mais importantes e que, de certa forma, mais interfere na sua experiência de intercâmbio é a escolha pela escola onde você vai estudar. Além dos fatores óbvios, como a qualidade do ensino, por exemplo, é na escola que você irá conhecer grande parte dos seus novos amigos, passará bastante tempo e é o nome dela que você carregará no seu currículo.

Seria bem mais fácil se houvesse uma lista com as “melhores escolas de idiomas do mundo” e o estudante pudesse simplesmente escolher uma delas e tudo feito. Mas, infelizmente, não existe fórmula mágica, cada escolha deve ser individualizada com base nas suas necessidades. Pensando nisso, nós preparamos alguns tópicos importantes que devem ser avaliados e que podem, quem sabe, te ajudar na sua escolha.

 

Certificados e selos da imigração.

Essa é a primeira coisa que você tem que prestar atenção antes de cogitar qualquer escola. Pois, para você adquirir qualquer visto de estudante, você precisará comprovar a matrícula em uma escola registrada na imigração. Caso a escola não seja credenciada e avaliada seguindo todas as normas de seu país, ela não poderá receber estudantes internacionais, ou seja, seu visto de estudante será negado.

Sendo cara ou barata, você vai querer um mínimo de qualidade na hora de estudar, por isso que cada país tem seu jeito de avaliar as escolas.

Como grande exemplo, eu utilizo a Irlanda, pois até pouco tempo atrás não existia um órgão fiscalizador das escolas. Com isso, a qualidade do ensino irlandês estava bastante comprometida: escolas fechando as portas sem nenhum aviso, estudantes ficando sem aula e muitas outras coisas sérias.

Além dos certificados obrigatórios, existem outros selos que atestam a qualidade da escola, ou mesmo grupo de escolas que se unem para tornar o ensino mais forte.

 

Selos necessários em cada país:

Austália:Cricos

Canadá: Language Canada

Estados Unidos: Uscis

Irlanda: Acels, Ilep

Inglaterra: British Council,

Nova Zelândia: Nzqa

 

 

Números de alunos em sala de aula

Essa é uma regra bastante simples, mas, muitas vezes, com tantas outas coisas importantes, esquecemos desse detalhe. Pergunte para o seu consultor qual o número máximo de pessoas em sala de aula. Pois quanto menor o número de pessoas, mais dinâmica, interativa e organizada é a aula, trazendo uma aceleração no seu aprendizado.

 

Mix de Nacionalidades

Um detalhe tão importante quanto o número de estudantes em sala de aula é a nacionalidade deles. Nós sabemos que os brasileiros estão em todos os lugares do mundo, por isso priorize escolas que tenham alunos de nacionalidades diferentes. A explicação é bem simples: quanto mais brasileiros ao seu redor, menos inglês você irá praticar.

Nos destinos onde tem mais procura, como Irlanda e Austrália, o fator que interferirá no número de brasileiros na escola é o valor, quanto mais barato for o curso, mais brasileiros terá em sala de aula.

 

Avaliações

Hoje em dia é muito fácil de achar qualquer coisa na internet, ainda mais avaliações sobre produtos e serviços.

O Facebook ajuda bastante a tirar dúvidas sobre como escolher a escola. Arrisco a dizer que todas as escolas têm páginas na rede social, bem ou mal administradas, mas elas possuem. Com isso, é importante conferir as avaliações da escola, mas com muito cuidado.

Páginas muito pequenas e com poucos seguidores tendes a ter as notas altas (por vezes, são até os próprios funcionários que avaliam). Já por outro lado, uma escola grande e com muitos seguires, certamente terá algumas notas negativas, contudo não significa que a escola seja ruim.

Seja coerente ao avaliar uma escola por sua página, desconfie de muito bom e do muito ruim e, na dúvida, pesquise em outros lugares.

 

Localização

A localização da escola também é um aspecto importante e sempre depende do que você procura. A escola não precisa estar situada no centro da cidade, mas sim perto de onde você quer estar.

A grande maioria das escolas encontra-se nos centros das cidades, vendo que os alunos estão mais dispostos a escolher escolas nas áreas centrais. Caso você esteja escolhendo alguma cidade por causa da praia, por exemplo, provavelmente você não poderá ir caminhando do centro até a praia.

Muitos estudantes que estão fazendo o programa de estudos e trabalham ao mesmo tempo, optam por uma localização central, pois geralmente a oferta é maior nessas regiões.

 

Atividades extras

Tão importante quanto às aulas, aprender um idioma exige dedicação fora da sala de aula. Por isso, as melhores escolas oferecem um calendário de atividades para você fazer extraclasses e muitas delas são grátis.

Existem passeios a todos os tipos de lugares, esportes, viagens em grupo e tudo isso orientado por guias e professores. Isso, além de ser ótimo para praticar o inglês, é uma maneira para fazer novas amizades.

 

Certificados de conclusão

Pergunte se ao seu consultor se escola oferece certificados de estudos, para que você possa utilizar em seu currículo futuramente. Mesmo que você tenha estudado por um curto período ou não tenha feito o curso completo, as escolas fornecem o certificado pelo tempo que você estudou.

 

Por fim, esperamos que esse artigo tenha sido útil na escolha da sua escola de idiomas. Caso você ainda tenha alguma dúvida, entre em contato com um de nossos consultores! Eles certamente poderão te auxiliar a encontrar a escola ideal.

 

See you soon!