Quais vacinas devo fazer antes de viajar?

Tags: dicas

21/11/2019

Na hora de preparar uma viagem, sempre nos preocupamos com destino, documentos, malas, dinheiro… Porém, muitas vezes, acabamos esquecendo algo bem importante: as vacinas. Obrigatórias em alguns destinos, elas precisam estar em dia para uma viagem tranquila.

 

A primeira coisa que precisa ser levada em consideração, é que as vacinas não devem ser feitas nas vésperas da sua viagem, pois é preciso respeitar o período de incubação da doença. A vacina da febre amarela (antiamarílica), por exemplo, deve ser feita no mínimo dez dias antes da viagem.

 

Sabendo disso, é preciso verificar se o país para onde você vai viajar exige vacinas e quais são elas. No site da Organização Mundial da Saúde (WHO) é possível conferir todas essas informações. Todas essas vacinas podem ser feitas na rede pública ou em clínicas particulares, então procure a que melhor lhe convém!

 

Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia

 

Depois de vacinado, saiba que a carteira de vacinação nacional não tem validade no exterior, então caso você precise comprovar que realizou alguma vacina, terá que obter o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP). Para isso, é necessário se cadastrar no Portal de Serviços do Governo Federal e fazer a solicitação do seu CIVP. O documento leva cerca de 5 dias úteis para ficar pronto e você vai recebê-lo por e-mail. Depois disso, basta imprimir e assiná-lo!

 

Vacina da Febre Amarela

 

A vacina mais comum é a da febre amarela (antiamarílica), mas, cuidado! Bebês menores de 6 meses, gestantes, mulheres que estão amamentando, pessoas com doenças autoimunes ou neurológicas e alérgicos a ovo não podem fazer a vacina antiamarílica. Nesses casos, a pessoa deve evitar, mas até pode viajar para países que exijam a vacina, mas devem procurar um médico para que ele emita um certificado de isenção. Após o retorno da viagem, a pessoa deve procurar um médio imediatamente, para que ele faça as verificações necessárias.

 

Além de estar com as vacinas em dia e possuir o CIVP, não se esqueça de garantir que outros aspectos da sua saúde estejam em dia e, também, garantir que você tenha remédios de uso contínuo em quantidade suficiente para todo o período da sua viagem.

 

Fonte: PVPAF Porto Alegre.