Como é o Carnaval ao redor do mundo?

Tags: dicas

21/02/2020

O carnaval é praticamente uma paixão nacional do brasileiro, seja ele samba, axé, frevo, bloquinho, desfiles de escolas de samba, bonecos gigantes ou fantasias, de norte a sul, o que não falta é diversidade na hora de cair na folia. E você já se perguntou como o carnaval é comemorado em outros países?

 

1 – Colônia – Alemanha

Se você surpreende com a duração do carnaval de Salvador, espere até conhecer a festa alemã. Ela começa ainda em novembro! Para ser mais específico, às 11h11 do dia 11, e vai até a quarta-feira de cinzas. A festa que é celebrada em pleno inverno é chamada pelos alemães de “quinta estação do ano”. O ponto alto da festa são os desfiles com alegorias engraçadas que satirizam políticos e famosos.

 

2 – Satriano – Itália
A pequena cidade da região da Calábria possui um dos carnavais mais diferentes do mundo. Se para nós carnaval é alegria, para eles, simboliza a tristeza e a escassez de alimento na Idade Média. Os foliões usam basicamente três fantasias: Rumit, Urs e Quaresima (ou Ermitão, Urso e Quaresma). A primeira simboliza a pobreza e é representada por pessoas vestidas de árvore. Já os Urs são fantasias confeccionadas com pelos de animais para simbolizar prosperidade. Os Quaresima se vestem de preto e andam de forma lenta e melancólica.

 

3 – Barranquilla – Colômbia
A cidade, que fica a 700 quilômetros da capital Bogotá, recebe um carnaval muito tradicional no país, que em termos de tamanho, só perde para o Rio de Janeiro. Durante as celebrações, há desfiles com apresentações de danças e ritmos folclóricos como gaita, salsa, fandango e cúmbia. O auge da festa é Batalha das Flores, que ocorre no sábado anterior à quaresma. Trata-se de um desfile com a rainha do carnaval em um carro alegórico totalmente coberto por flores e que é seguido por outros carros também decorados, levando os príncipes e princesas da festa.

 

4 – Veneza – Itália
Com duração de cerca de 10 dias, essa festa italiana se caracteriza pelo uso de máscaras e figurinos que reproduzem o estilo dos nobres que viveram nos séculos passados. A tradição começou no século XVII, quando a nobreza vestia-se com trajes luxuosos, e adornava-se com máscaras e chapéus para se misturarem ao povo nas ruas. Atualmente a festa começa com o voo do anjo, em que uma jovem mulher, vestida de anjo, faz um voo sobre a Praça São Marcos, que é invadida por turistas todos dos dias durante as celebrações.

 

5 – Nova Orleans – Estados Unidos
O carnaval mais famoso dos Estados Unidos é chamado de Mardi Gras, ou Terça-Feira Gorda, por influência dos franceses que colonizaram a região no século XVII. Se por um lado a festa pode parecer familiar para os brasileiros, com desfiles de carros alegóricos, blocos nas ruas e pessoas fantasiadas, por outro, pode surpreender os mais desavisados. É que por lá a tradição é premiar quem mostra os seios com colares coloridos, símbolos da festa, que são distribuídos aos foliões.