Já pensou em estudar em uma cidade que, apesar de ser uma metrópole, tem um estilo tranquilo, com altíssima qualidade de vida, paisagens paradisíacas e um clima para ninguém botar defeito? Pois essa é Perth e, todos os anos, cada vez mais estudantes estão descobrindo porque este é o lugar ideal para estudar.

A cidade, que foi eleita pela revista The Economist, como a 7ª melhor cidade do mundo para se viver, segue o padrão australiano de excelência em ensino. Inclusive, o governo garante a qualidade através do monitoramento das aulas, do aprendizado, da administração e das áreas de pesquisa de cada uma das instituições.

Além disso, um dos diferenciais, que atrai tantos intercambistas, é a possibilidade de trabalhar enquanto estuda na Austrália. Outro ponto atrativo é que, em comparação a outras cidades australianas, Perth possui um bom custo de vida, cerca de 20% menor do que o de Sydney, por exemplo. A cidade também possui um menor número de estudantes brasileiros, o que possibilita ao intercambista um maior aprendizado e contato com a cultura do povo local.

E para aqueles estudantes que pretendem imigrar posteriormente ao país, estudar em solo australiano é, sem dúvida alguma, mais um diferencial relevante. Como o processo de imigração é construído de forma gradativa, nunca é cedo para começar a se qualificar.

O custo de vida mensal em Perth está em A$1,207.06 sem aluguel, para uma pessoal solteira e sem filhos.

 

Abaixo fizemos uma lista de gastos do dia-a-dia que são interessantes de saber o valor.

 

ALUGUEL

Apartamento de 1 quarto no centro da cidade: A$1,300.00 a A$2,000.00

Apartamento de 1 quarto fora do centro da cidade: A$1,000.00 a A$1,800.00

Apartamento de 3 quartos no centro da cidade: A$2,000.00 a A$3,200.04

Apartamento de 3 quartos fora do centro da cidade: A$1,520.00 a A$2,534.64

 

UTILIDADES

Básica (eletricidade, saúde, àgua, lixo) para um apartamento de 85m²: A$100.00 a A$270.00

Internet: A$59.00 a A$100.00

 

TRANSPORTE

One-way Ticket (Transporte Local): A$2.80 a A$5.00

Ticket mensal (Preço regular): A$100.00 a A$207.00

Taxi chamada (tarifa Normal): A$3.00 a A$6.00

Taxi 1Km (Tarifa Normal):A$1.72 a A$2.10

 

MERCADO

Leite regular (1 litro): A$1.00 a A$2.00

Pacote de pão (500g): A$1.80 a A$4.00

Arroz branco (1kg): A$2.00 a A$5.00

Ovos (duzia): A$3.50 a A$6.00

Peito de Frango (1Kg): A$8.00 a A$15.00

Carne de Gado (1kg): A$8.00 A$20.00

 

RESTAURANTES

Refeição básica: A$15.00 a A$25.00

Fastfood combo: A$10.00 a A$14.00

Água: A$2.00 a A$3.50

Refrigerante: A$2.50 a A$4.00

 

Fonte: https://www.numbeo.com/cost-of-living/in/Perth

Perth possui uma rede de transporte unificada, bem organizada e eficiente. O transporte público de Perth, o TransPerth, opera os ônibus, trens e balsas da cidade e uma única passagem permite que você viaje em todas as formas de transporte, sendo que o bilhete tem validade de duas horas. O transporte público permite acesso a quase todos os pontos da cidade, não somente ao centro como também aos bairros e às praias. Todas as informações referentes aos horários de partidas podem ser consultadas no site www.transperth.wa.gov.au. Além disso, a cidade também possui uma grande quantidade de táxis.

Ônibus

Os ônibus que circulam por Perth são modernos, com estofado novo e ar condicionado. Todos são acessíveis para deficientes físicos e ficam a uma curta distância das calçadas para facilitar àqueles que têm locomoção restrita. No centro da cidade circulam os CAT’s, cujo trajeto é feito em áreas turísticas populares, e o melhor de tudo: eles são gratuitos. Você também pode ver em quanto tempo vem o próximo CAT, basta apenas apertar o botão no ponto. Os demais ônibus, assim como também os trens e os barcos da TransPerth, funcionam com tickets de papel ou com um cartão pré-pago recarregável, o SmartRider. Os valores das tarifas em Perth variam de acordo com a distância a ser percorrida, quanto mais zonas sua viagem alcançar, entre o ponto de partida e o de chegada, mais cara será a viagem. É importante lembrar que você pode utilizar o transporte público, nas diferentes modalidades, por até duas horas com a mesma passagem. Os horários e informações de trajetos podem ser consultados, além do site da Transperth, também nos centros de informações de transporte situados na rua Wellington e na estação de trem da cidade.

Trens

Assim como os ônibus, os trens em Perth são modernos, espaçosos e costumam estar limpos. Nos horários de pico, é normal que o transporte esteja cheio, então se você estiver a turismo, prefira utilizar o serviço fora destes horários. A cidade possui uma rede moderna com que, através de quatro linhas principais, é possível se locomover tanto pelo centro da cidade como pelos bairros do norte e meridionais e até as praias mais conhecidas de Perth. Além disso, muitas das estações de trem fazem integração com serviços de ônibus. Perth também possui uma zona de trânsito livre, onde as viagens de trem são gratuitas. Os horários e informações podem ser consultados, além do site da Transperth, também nos centros de informações de transporte situados na rua Wellington e na estação de trem da cidade.

Balsas

TransPerth também possui serviço de transporte fluvial, operado pela Transperth. O serviço opera diariamente, das 7h às 19h, com saídas a cada 30 minutos. As passagens podem ser adquiridas nas máquinas de venda que existentes nos cais.


            Taxis

A cidade possui um grande número de taxis e seus serviços podem ser agendados por telefone ou solicitados nos pontos próprios espalhados pela cidade. Também existem variados tipos de serviços: os Independent Taxis, os Swan Taxis e os Black & White Taxis.

Abaixo, você confere os preços médios* do transporte em Perth:

Passe unitário (transporte local) A$ 2,80 a A$ 5,00

Passe mensal (preço regular) A$ 100,00 a A$ 207,00

Taxi – chamada (tarifa normal) A$ 3,00 a A$ 6,00

Taxi – por km (tarifa normal) A$ 1,72 a A$ 2,10

*Fonte: https://www.numbeo.com/cost-of-living/in/Perth.

Apesar do clima interiorano, Perth sempre tem alguma atração disponível. Começando pelo maior aquário da Austrália, que certamente é um passeio imperdível. O Aquarium of Western Australia (AQWA) permite que o visitante observe tubarões, arraias, tartarugas gigantes e outras centenas de peixes incríveis muito de perto. Os mais corajosos podem até mesmo mergulhar junto com eles! Certamente é uma atração imperdível e que precisa estar no seu roteiro.

Muitos desses animais que habitam o aquário também podem se vistos em seus habitats naturais. Por ser uma cidade litorânea, os moradores de Perth não desperdiçam a oportunidade de frequentar as praias cristalinas do Índico, seja para praticar esportes, nadar, tomar sol ou mesmo para dar uma caminhada. Ao longo dos 30 km da Sunset Coast – região litorânea que ao redor de Perth – existem quase vinte praias, para os mais variados gostos. As mais tranquilas, para nadar e tomar sol, ficam no centro da cidade. Já as melhores opções para os amantes de surfe são mais afastadas.

Agora, se você quer conhecer um lugar, onde é possível encontrar diversas opções de lazer e, definitivamente, encantador, a Ilha Rottnest é sua melhor opção. Separada do continente há sete mil anos, a ilha de formação calcária está situada a 35 km do centro de Perth, e é o principal cartão postal da cidade. É possível nadar, pescar, velejar, surfar, mergulhar nas águas cristalinas, além de admirar os bancos de corais e centenas de tipos peixes. Também é possível fazer trilhas e pedalar pelo arquipélago.

Outra atração imperdível é o King’s Park. Considerado o símbolo verde de Perth, o parque abriga um jardim botânico com mais de três mil espécies típicas australianas, além de lagos e árvores gigantes. Com uma extensão de 400 hectares, o King’s Park fica localizado no centro de Perth e oferece locais de lazer e até áreas para churrasco. Além disso, é possível admirar uma vista de tirar o fôlego da torre de observação do parque, com uma altura de 15 metros. Para os aventureiros de plantão, o parque dispõe de diversas trilhas exploratórias.

Não muito longe do King’s Park fica o Perth Zoo, que abriga 1200 animais de mais de 160 espécies diferentes. O espaço é dividido em sete exposições, que abrangem quatro continentes, onde é possível ver algumas das criaturas mais fascinantes do planeta. Apesar da grande quantidade de espécies, a vida selvagem local é a principal atração de quem visita o espaço. O zoológico possui uma área de 17 hectares e abre todos os dias, desde 1898 – inclusive os principais feriados. Crianças e adolescentes de até 16 anos pagam somente meia entrada.

A rede de energia elétrica da Austrália é feito em 230/240 volts. 50 hertz.

O plug de tomada é diferente do utilizado no Brasil. Lá eles usam o plug tipo i.

A cada ano que passa, mais e mais estudantes veem em Perth o destino perfeito para aprimorar seu inglês. Os motivos são muitos: o estilo de vida; a possibilidade de trabalhar enquanto estuda; os encantos naturais da cidade; a qualidade de vida que ela oferece... Enfim, os motivos são inúmeros. Com o aumento da procura por determinados serviços, a demanda também aumentou, o que reflete positivamente para o intercambista, pois muitas são as opções. E quando se trata de acomodação, seja para duas semanas ou até mesmo planos mais longos, exige uma estadia confortável para tornar memorável a experiência em todos os aspectos.

Para te auxiliar a encontrar a opção que mais se adapta à sua necessidade, nós listamos algumas possibilidades.

Casa de Família

Morar em casa de família, ou homestay, como são conhecidas, é uma excelente opção para quem pretende conhecer e aprender sobre a cultura australiana, com o benefício da segurança. Essas famílias recebem intercambistas de vários lugares do mundo, por isso estão acostumadas e tendem a ser pacientes com quem está desbravando terras aussies. Cada casa de família é escolhida, certificada e monitorada pelas instituições de ensino, que acompanham a estadia do aluno, assim como o feedback dos alunos antigos. Esse tipo de procedimento é importante para manter um padrão de qualidade, higiene e conforto. Além disso, geralmente, essa é uma opção mais cômoda, pois o viajante não precisa se preocupar em comprar itens de uso cotidiano, como lençóis e toalhas, por exemplo. As casas de família, também costumam oferecer refeições inclusas, como café da manhã e jantar (pode variar, consulte previamente).

Acomodação compartilhada

Como o nome sugere, as acomodações são casas ou apartamentos compartilhados, muito utilizados entre os alunos estrangeiros. Geralmente, é possível encontrá-las nas regiões centrais da cidade, nas proximidades das instituições de ensino. Assim, se torna fácil ter acesso às aulas e a estabelecimentos, como supermercados, lavanderias, restaurantes, evitando grandes deslocamentos. Nesse método de acomodação, cada intercambista é responsável por sua alimentação, pois dificilmente ela estará inclusa. Mas não se preocupe, sempre há espaço disponível para armazenar sua comida! Apesar de ser um modelo bastante procurado, as acomodações compartilhadas costumam ser moradias provisórias, onde os intercambistas de longo prazo passam as primeiras semanas, até encontrar uma residência definitiva. É comum encontrar anúncios de acomodação nessa modalidade nos quadros de aviso das escolas e universidades, em classificados de jornais locais ou em sites específicos. A melhor maneira de obter uma estadia tranquila e sem grandes problemas, é dividir o espaço com pessoas que você conheça, como amigos e colegas de aula. Conviver com pessoas desconhecidas pode ser bem problemático, por isso, se possível, opte por dividir o imóvel com pessoas conhecidas e que você acredita que vá se relacionar bem.

Aluguel de apartamento

Muitos dos intercambistas que chegam em Perth, inicialmente, ficam em acomodações compartilhadas, em um período de adaptação, e depois de um tempo optam por alugar uma casa ou apartamento. Apesar de oferecer maior liberdade e independência, os custos costumam ser altos. Nesse momento, cabe ao estudante a procura pela residência definitiva que se adapte às suas necessidades. Existem sites de classificados de imóveis e, inclusive, grupos no Facebook, que tratam de vagas compartilhadas. Ao alugar uma casa, é comum que os proprietários solicitem que o aluguel seja pago adiantado e que uma caução – chamada “Bond” – referente a um mês de aluguel seja paga por segurança. Se não houver nenhum problema no imóvel no período em que esteve alugado, esse valor é ressarcido. É importante sempre observar as regras contratuais, que variam em cada caso.


           Hostel

Essa é ima excelente opção para os viajantes que procuram um lugar para ficar por um curto espaço de tempo. Geralmente, são quartos e banheiros compartilhados, o número de pessoas tende a variar conforme o estabelecimento e o valor que você estiver disposto a pagar. Essa é uma opção bem interessante para compartilhar experiências com outras pessoas, pois é possível conhecer gente do mundo inteiro. Uma dica importante é se informar das condições de cada lugar, por exemplo, se eles oferecem armários para guardar suas coisas enquanto estiver fora, café da manhã e wi-fi. Os valores médios de hostel em Perth variam de A$ 15,00 a A$ 30,00 a diária.

  • Por possuir um clima ameno o ano inteiro, qualquer mês do ano é indicado para quem quer visitar Perth. Acontece de alguns meses serem mais chuvosos, nesse caso, prefira os meses entre outubro e abril.

  • Para entrada na Austrália, é necessário apresentar o passaporte com visto válido. Esteja certo que o visto que você aplicou é correspondente ao objetivo da sua viagem.

  • Se você é daqueles colecionadores de carimbos no passaporte, fique atento, pois, algumas vezes, não é carimbada a entrada. Se acontecer com você, peça ao oficial da imigração.

  • O sistema de transporte australiano utiliza a mão inglesa, ou seja, o lado direito da rua. Fique atento ao atravessar a rua ou utilizar o transporte público. Agora, se você pretende dirigir no país, é necessário apresentar a CNH e a carteira internacional, que é solicitada no DETRAN de cada estado.

  • Apesar de que se fale pouco sobre isso, a Austrália exige Vacina de Febre Amarela para a entrada no país. Também pode ser exigida a carteira de vacinação internacional. Então, fique esperto e leve junto também o seu comprovante de vacinação, emitido pela ANVISA.

  • Na Austrália, é proibida a venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos. E muitos desses estabelecimentos, principalmente casas noturnas e bares, onde há a venda, solicita o documento que comprove a maioridade já na entrada.

  • Perth é uma cidade bastante tranquila, diferente de muitas das grandes cidades brasileiras, você não precisa andar na rua sempre na defensiva, com medo de furtos e assaltos.

  • Como o fuso horário de Perth é de 11 horas adiantado ao do Brasil, ou seja, é natural que você leve algum tempo para se adaptar. Então, tenha cuidado na hora de programar o roteiro dos primeiros dias de sua viagem, reservando um tempo adequado para o seu descanso.

O principal ponto comercial de Perth é o centro da cidade, mais precisamente no distrito de negócios, conhecido por West Perth. Quando precisar fazer compras vá para a Murray Street Mall e Hay Streel Mall, as principais ruas comerciais da região, onde você encontra uma grande variedade de lojas, das principais e mais famosas redes do país e até uma réplica do Big Ben inglês. Ainda na Hay Street, no trecho mais a oeste, é possível encontrar lojas dos mais diversificados setores, como grifes luxuosas e lojas mundialmente famosas. É possível encontrar todo tipo de produtos por lá.

Agora se você procura produtos por preços baixos, precisa visitar a Watertown, um verdadeiro paraíso para compras por preços baixos, principalmente se for época de promoção. É também um lugar ótimo para comprar itens personalizados da cidade e lembrancinhas.

E uma dica de ouro: para compras acima de A$ 300,00 em uma mesma loja, em um prazo de 60 dias antes de você partir da Austrália, é possível requerer o reembolso dos impostos pagos, o Tax Refund. Basta, na hora da compra, solicitar ao atendente que a nota fiscal especifique os tributos pagos. Na hora de deixa o país, no aeroporto mesmo, você apresenta as nota em um dos postos de atendimento, logo após passar pela imigração, juntamente com os produtos adquiridos. O processo de estorno é bem simples e é feito com crédito em um cartão que você mesmo escolhe.

Apesar de pacata a primeira vista, Perth tem uma vida noturna com boas alternativas e mais animada do que muita gente imagina. E o mais interessante, é que diferente da maioria das casas noturnas no Brasil, em Perth a entrada é free e paga-se apenas pelo consumo, assim, se você não se animar com o estabelecimento, é só ir para outro. Muitos dos bares e baladas ficam em Northbridge, outro lugar famoso por seus restaurantes e baladas é Fremantle.

Uma dica de ouro é ficar atento aos horários, pois a vida noturna australiana começa cedo, não sendo incomum você encontrar gente arrumada, pronta para a noite bem cedo, pois muitas festas começam às 18h ou 19h. E como as noites começam cedo, geralmente, o agito em Perth termina pelas 2h ou 3h da manhã.

A segunda dica é quanto ao consumo de bebida alcoólica: sempre que for comprar algum tipo destas, esteja portando documento de identificação, comprovando ter mais de 18 anos. Além disso, não se esqueça de que não é permitido ingerir bebidas alcoólicas nas ruas da cidade.

Para quem procura diversão, o Crown Casino Perth é uma ótima ideia, não só para a noite, mas também para o dia. Com pessoas de diferentes faixas etárias, o espaço oferece restaurantes, bares e, óbvio, casino!

Se bater saudade de casa, The Deen oferece banda ao vivo tocando músicas brasileiras. Bom para dançar, relembrar a terra natal e encontrar a comunidade do Brasil.

Outra boa opção é o Mustang Bar, principalmente às quartas-feiras. O espaço tem uma atmosfera jovem, área ao livre, mesas de sinuca e palco com música ao vivo.

Perth é considerada uma das melhores cidades do mundo para se viver, que oferece qualidade de vida, segurança, transporte de qualidade, educação de alto nível e uma infraestrutura impecável aos seus cidadãos. Só com isso, já é motivo suficiente para qualquer estudante escolher a cidade. Mas há, ainda, outro diferencial que muitas vezes é a questão definidora na escolha dos intercambistas: a possibilidade de trabalhar legalmente enquanto estuda na Austrália.Trabalhar durante o intercâmbio permite que você possa ganhar dinheiro suficiente para pagar seu custo de vida e lazer e até, quem sabe, conseguir juntar uma graninha.

A cidade de Perth é bastante receptiva com os estrangeiros e, no que se refere à oportunidade de trabalho, ocupa uma posição invejável por conta da estabilidade econômica da cidade. A maioria dos estudantes consegue empregos de meio expediente em algum momento de seus estudos. Os trabalhos mais comuns são como garçom, pintor, ajudante de limpeza, babá, jardineiro, em hotelaria, vendas, informática, restaurantes, supermercados. São empregos que não exigem muita qualificação, porém você pode se candidatar a qualquer um deles, basta cumprir as exigências. Mas, é claro, quanto mais qualificado o trabalho, mais imprescindível de que você fale inglês fluentemente. Por isso, a importância de dominar o idioma. E, independentemente do trabalho que você fizer, pode estar tranquilo sabendo que ele será bem remunerado. Isso porque a Austrália possui um dos maiores salários mínimos do mundo, de A$ 18,29 por hora, desde julho de 2017.

  • Perth foi eleita, em 2017, pela revista inglesa The Economist como a 7ª melhor cidade do mundo para se viver.

  • A cidade já possuiu outros nomes: a região era chamada pelos aborígenes de Boorloo. Já os britânicos a chamavam de Swan River Colony, por causa do Rio Swan, que se estende pela cidade.

  • Perth também é conhecida como a Cidade Luz, pois quando John Glenn orbitava a Terra no meio da madrugada, a cidade em peso acendeu as luzes para que Perth fosse vista do espaço.

  • E fazendo jus ao apelido de Cidade Luz, Perth tem a honra de ser a cidade com mais horas de luz solar no mundo durante o ano. De acordo com as estatísticas, há pelo menos 8 horas de sol durante os 365 dias de cada ano.

  • A cidade oferece ônibus gratuitos, que rodam no centro da cidade, são os famosos CAT’s.

  • Perth é a segunda capital mais isolada do mundo, a 2,8 mil km de distância de Adelaide, a metrópole mais próxima. Perde somente para Honolulu, a 3800 km de São Francisco.

  • Perth é a cidade australiana que mais exporta e, com isso, é bastante rica.

  • É proibido beber na rua, na Austrália.

Uma cidade cosmopolita, sofisticada e moderna. Essa é Perth, a capital da Austrália Ocidental. Conhecida por ser a segunda capital mais isolada do mundo, a 2,8 mil km de distância de Adelaide (a metrópole mais próxima), Perth é a quarta maior cidade australiana, com uma das maiores taxas de crescimento.

Também conhecida como a Cidade Luz, Perth tem a honra de ser a cidade com mais horas de luz solar no mundo durante o ano. De acordo com as estatísticas, há pelo menos 8 horas de sol durante os 365 dias de cada ano.

A cidade foi eleita, em 2017, pela revista inglesa The Economist como a 7ª melhor cidade para se viver, com uma das melhores qualidades de vida não só da Austrália, como do mundo. Perth oferece um ótimo clima, belas praias, transporte público eficiente e reúne uma combinação incrível de características de cidade grande com verdadeiro clima interiorano, mais informal.

O famoso rio Swan, que segue seu curso cortando a cidade até desaguar no Oceano Índico, oferece belas paisagens ao longo da cidade, dando à Perth a tranquilidade que essa cidade cosmopolita precisa para manter-se vibrante e harmônica ao mesmo tempo.

As áreas com maiores perspectivas de desenvolvimento e em franca expansão são mineração, petroquímicas, agricultura e educação. O cenário estável de crescimento e desenvolvimento econômico proporciona maior empregabilidade, quando comparado a outras localidades mais saturadas, e este é um dos principais motivos que tem atraído cada vez mais imigrantes à cidade.

O custo de vida em Perth também é um ponto atrativo para quem pretende chamar a cidade de lar. Ele é cerca de 20% menor quando comparado a Sydney, por exemplo. Além disso, Perth também possui um menor número de estudantes brasileiros, quando comparada a outras cidades australianas, o que possibilita ao intercambista um maior aprendizado e contato com a cultura do povo local.

E se você ainda não se convenceu de que Perth é o destino ideal para o seu intercâmbio, é porque você ainda não conheceu o clima de lá! Perth tem um clima do tipo mediterrâneo, o que significa que, na maior parte do ano, é quente e ensolarado. Pela cidade ser localizada no hemisfério sul, as estações seguem a mesma lógica que no Brasil. Com verões secos e quentes, o ápice é em fevereiro, com temperaturas médias de 31ºC. Porém a brisa do mar, chamada “The Fremantle Doctor” ameniza as temperaturas, tornando-as mais agradáveis. Já no inverno, as temperaturas não são tão frias, com médias diurnas entre 18º e 21ºC, mas em contra partida, chove muito na cidade. No outono, o clima fica muito agradável, colorido com tons amarelados das árvores dos parques. Já na primavera, o clima é bastante instável, oscilando entre dias de calor e de frio. Mas a instabilidade compensa pela paisagem: as árvores ganham muitas flores, principalmente da cor lilás. É simplesmente encantador!

E, claro, não poderíamos deixar de citar as praias da cidade! Com águas mornas e cristalinas, Perth oferece opções – e não são poucas – tanto para o banho quanto para o surfe. As mais tranquilas, para nadar e tomar sol, ficam no centro da cidade. Já as melhores opções para os amantes de surfe são mais afastadas. Agora, se você quer conhecer um lugar, onde é possível encontrar diversas opções de lazer e, definitivamente, encantador, a Ilha Rottnest é sua melhor opção. Situada a 35 km do centro de Perth, ela é o principal cartão postal da cidade, onde é possível nadar, pescar, velejar, surfar, mergulhar nas águas cristalinas, além de admirar os bancos de corais e seus milhares de peixes coloridos.

Se você ainda não se decidiu, não fique na dúvida. Entre em contato com nossos consultores e descubra tudo que Perth tem para te oferecer!

Já pensou em estudar em uma cidade que, apesar de ser uma metrópole, tem um estilo tranquilo, com altíssima qualidade de vida, paisagens paradisíacas e um clima para ninguém botar defeito? Pois essa é Perth e, todos os anos, cada vez mais estudantes estão descobrindo porque este é o lugar ideal para estudar.

A cidade, que foi eleita pela revista The Economist, como a 7ª melhor cidade do mundo para se viver, segue o padrão australiano de excelência em ensino. Inclusive, o governo garante a qualidade através do monitoramento das aulas, do aprendizado, da administração e das áreas de pesquisa de cada uma das instituições.

Além disso, um dos diferenciais, que atrai tantos intercambistas, é a possibilidade de trabalhar enquanto estuda na Austrália. Outro ponto atrativo é que, em comparação a outras cidades australianas, Perth possui um bom custo de vida, cerca de 20% menor do que o de Sydney, por exemplo. A cidade também possui um menor número de estudantes brasileiros, o que possibilita ao intercambista um maior aprendizado e contato com a cultura do povo local.

E para aqueles estudantes que pretendem imigrar posteriormente ao país, estudar em solo australiano é, sem dúvida alguma, mais um diferencial relevante. Como o processo de imigração é construído de forma gradativa, nunca é cedo para começar a se qualificar.

O custo de vida mensal em Perth está em A$1,207.06 sem aluguel, para uma pessoal solteira e sem filhos.

 

Abaixo fizemos uma lista de gastos do dia-a-dia que são interessantes de saber o valor.

 

ALUGUEL

Apartamento de 1 quarto no centro da cidade: A$1,300.00 a A$2,000.00

Apartamento de 1 quarto fora do centro da cidade: A$1,000.00 a A$1,800.00

Apartamento de 3 quartos no centro da cidade: A$2,000.00 a A$3,200.04

Apartamento de 3 quartos fora do centro da cidade: A$1,520.00 a A$2,534.64

 

UTILIDADES

Básica (eletricidade, saúde, àgua, lixo) para um apartamento de 85m²: A$100.00 a A$270.00

Internet: A$59.00 a A$100.00

 

TRANSPORTE

One-way Ticket (Transporte Local): A$2.80 a A$5.00

Ticket mensal (Preço regular): A$100.00 a A$207.00

Taxi chamada (tarifa Normal): A$3.00 a A$6.00

Taxi 1Km (Tarifa Normal):A$1.72 a A$2.10

 

MERCADO

Leite regular (1 litro): A$1.00 a A$2.00

Pacote de pão (500g): A$1.80 a A$4.00

Arroz branco (1kg): A$2.00 a A$5.00

Ovos (duzia): A$3.50 a A$6.00

Peito de Frango (1Kg): A$8.00 a A$15.00

Carne de Gado (1kg): A$8.00 A$20.00

 

RESTAURANTES

Refeição básica: A$15.00 a A$25.00

Fastfood combo: A$10.00 a A$14.00

Água: A$2.00 a A$3.50

Refrigerante: A$2.50 a A$4.00

 

Fonte: https://www.numbeo.com/cost-of-living/in/Perth

Perth possui uma rede de transporte unificada, bem organizada e eficiente. O transporte público de Perth, o TransPerth, opera os ônibus, trens e balsas da cidade e uma única passagem permite que você viaje em todas as formas de transporte, sendo que o bilhete tem validade de duas horas. O transporte público permite acesso a quase todos os pontos da cidade, não somente ao centro como também aos bairros e às praias. Todas as informações referentes aos horários de partidas podem ser consultadas no site www.transperth.wa.gov.au. Além disso, a cidade também possui uma grande quantidade de táxis.

Ônibus

Os ônibus que circulam por Perth são modernos, com estofado novo e ar condicionado. Todos são acessíveis para deficientes físicos e ficam a uma curta distância das calçadas para facilitar àqueles que têm locomoção restrita. No centro da cidade circulam os CAT’s, cujo trajeto é feito em áreas turísticas populares, e o melhor de tudo: eles são gratuitos. Você também pode ver em quanto tempo vem o próximo CAT, basta apenas apertar o botão no ponto. Os demais ônibus, assim como também os trens e os barcos da TransPerth, funcionam com tickets de papel ou com um cartão pré-pago recarregável, o SmartRider. Os valores das tarifas em Perth variam de acordo com a distância a ser percorrida, quanto mais zonas sua viagem alcançar, entre o ponto de partida e o de chegada, mais cara será a viagem. É importante lembrar que você pode utilizar o transporte público, nas diferentes modalidades, por até duas horas com a mesma passagem. Os horários e informações de trajetos podem ser consultados, além do site da Transperth, também nos centros de informações de transporte situados na rua Wellington e na estação de trem da cidade.

Trens

Assim como os ônibus, os trens em Perth são modernos, espaçosos e costumam estar limpos. Nos horários de pico, é normal que o transporte esteja cheio, então se você estiver a turismo, prefira utilizar o serviço fora destes horários. A cidade possui uma rede moderna com que, através de quatro linhas principais, é possível se locomover tanto pelo centro da cidade como pelos bairros do norte e meridionais e até as praias mais conhecidas de Perth. Além disso, muitas das estações de trem fazem integração com serviços de ônibus. Perth também possui uma zona de trânsito livre, onde as viagens de trem são gratuitas. Os horários e informações podem ser consultados, além do site da Transperth, também nos centros de informações de transporte situados na rua Wellington e na estação de trem da cidade.

Balsas

TransPerth também possui serviço de transporte fluvial, operado pela Transperth. O serviço opera diariamente, das 7h às 19h, com saídas a cada 30 minutos. As passagens podem ser adquiridas nas máquinas de venda que existentes nos cais.


            Taxis

A cidade possui um grande número de taxis e seus serviços podem ser agendados por telefone ou solicitados nos pontos próprios espalhados pela cidade. Também existem variados tipos de serviços: os Independent Taxis, os Swan Taxis e os Black & White Taxis.

Abaixo, você confere os preços médios* do transporte em Perth:

Passe unitário (transporte local) A$ 2,80 a A$ 5,00

Passe mensal (preço regular) A$ 100,00 a A$ 207,00

Taxi – chamada (tarifa normal) A$ 3,00 a A$ 6,00

Taxi – por km (tarifa normal) A$ 1,72 a A$ 2,10

*Fonte: https://www.numbeo.com/cost-of-living/in/Perth.

Apesar do clima interiorano, Perth sempre tem alguma atração disponível. Começando pelo maior aquário da Austrália, que certamente é um passeio imperdível. O Aquarium of Western Australia (AQWA) permite que o visitante observe tubarões, arraias, tartarugas gigantes e outras centenas de peixes incríveis muito de perto. Os mais corajosos podem até mesmo mergulhar junto com eles! Certamente é uma atração imperdível e que precisa estar no seu roteiro.

Muitos desses animais que habitam o aquário também podem se vistos em seus habitats naturais. Por ser uma cidade litorânea, os moradores de Perth não desperdiçam a oportunidade de frequentar as praias cristalinas do Índico, seja para praticar esportes, nadar, tomar sol ou mesmo para dar uma caminhada. Ao longo dos 30 km da Sunset Coast – região litorânea que ao redor de Perth – existem quase vinte praias, para os mais variados gostos. As mais tranquilas, para nadar e tomar sol, ficam no centro da cidade. Já as melhores opções para os amantes de surfe são mais afastadas.

Agora, se você quer conhecer um lugar, onde é possível encontrar diversas opções de lazer e, definitivamente, encantador, a Ilha Rottnest é sua melhor opção. Separada do continente há sete mil anos, a ilha de formação calcária está situada a 35 km do centro de Perth, e é o principal cartão postal da cidade. É possível nadar, pescar, velejar, surfar, mergulhar nas águas cristalinas, além de admirar os bancos de corais e centenas de tipos peixes. Também é possível fazer trilhas e pedalar pelo arquipélago.

Outra atração imperdível é o King’s Park. Considerado o símbolo verde de Perth, o parque abriga um jardim botânico com mais de três mil espécies típicas australianas, além de lagos e árvores gigantes. Com uma extensão de 400 hectares, o King’s Park fica localizado no centro de Perth e oferece locais de lazer e até áreas para churrasco. Além disso, é possível admirar uma vista de tirar o fôlego da torre de observação do parque, com uma altura de 15 metros. Para os aventureiros de plantão, o parque dispõe de diversas trilhas exploratórias.

Não muito longe do King’s Park fica o Perth Zoo, que abriga 1200 animais de mais de 160 espécies diferentes. O espaço é dividido em sete exposições, que abrangem quatro continentes, onde é possível ver algumas das criaturas mais fascinantes do planeta. Apesar da grande quantidade de espécies, a vida selvagem local é a principal atração de quem visita o espaço. O zoológico possui uma área de 17 hectares e abre todos os dias, desde 1898 – inclusive os principais feriados. Crianças e adolescentes de até 16 anos pagam somente meia entrada.

A rede de energia elétrica da Austrália é feito em 230/240 volts. 50 hertz.

O plug de tomada é diferente do utilizado no Brasil. Lá eles usam o plug tipo i.

A cada ano que passa, mais e mais estudantes veem em Perth o destino perfeito para aprimorar seu inglês. Os motivos são muitos: o estilo de vida; a possibilidade de trabalhar enquanto estuda; os encantos naturais da cidade; a qualidade de vida que ela oferece... Enfim, os motivos são inúmeros. Com o aumento da procura por determinados serviços, a demanda também aumentou, o que reflete positivamente para o intercambista, pois muitas são as opções. E quando se trata de acomodação, seja para duas semanas ou até mesmo planos mais longos, exige uma estadia confortável para tornar memorável a experiência em todos os aspectos.

Para te auxiliar a encontrar a opção que mais se adapta à sua necessidade, nós listamos algumas possibilidades.

Casa de Família

Morar em casa de família, ou homestay, como são conhecidas, é uma excelente opção para quem pretende conhecer e aprender sobre a cultura australiana, com o benefício da segurança. Essas famílias recebem intercambistas de vários lugares do mundo, por isso estão acostumadas e tendem a ser pacientes com quem está desbravando terras aussies. Cada casa de família é escolhida, certificada e monitorada pelas instituições de ensino, que acompanham a estadia do aluno, assim como o feedback dos alunos antigos. Esse tipo de procedimento é importante para manter um padrão de qualidade, higiene e conforto. Além disso, geralmente, essa é uma opção mais cômoda, pois o viajante não precisa se preocupar em comprar itens de uso cotidiano, como lençóis e toalhas, por exemplo. As casas de família, também costumam oferecer refeições inclusas, como café da manhã e jantar (pode variar, consulte previamente).

Acomodação compartilhada

Como o nome sugere, as acomodações são casas ou apartamentos compartilhados, muito utilizados entre os alunos estrangeiros. Geralmente, é possível encontrá-las nas regiões centrais da cidade, nas proximidades das instituições de ensino. Assim, se torna fácil ter acesso às aulas e a estabelecimentos, como supermercados, lavanderias, restaurantes, evitando grandes deslocamentos. Nesse método de acomodação, cada intercambista é responsável por sua alimentação, pois dificilmente ela estará inclusa. Mas não se preocupe, sempre há espaço disponível para armazenar sua comida! Apesar de ser um modelo bastante procurado, as acomodações compartilhadas costumam ser moradias provisórias, onde os intercambistas de longo prazo passam as primeiras semanas, até encontrar uma residência definitiva. É comum encontrar anúncios de acomodação nessa modalidade nos quadros de aviso das escolas e universidades, em classificados de jornais locais ou em sites específicos. A melhor maneira de obter uma estadia tranquila e sem grandes problemas, é dividir o espaço com pessoas que você conheça, como amigos e colegas de aula. Conviver com pessoas desconhecidas pode ser bem problemático, por isso, se possível, opte por dividir o imóvel com pessoas conhecidas e que você acredita que vá se relacionar bem.

Aluguel de apartamento

Muitos dos intercambistas que chegam em Perth, inicialmente, ficam em acomodações compartilhadas, em um período de adaptação, e depois de um tempo optam por alugar uma casa ou apartamento. Apesar de oferecer maior liberdade e independência, os custos costumam ser altos. Nesse momento, cabe ao estudante a procura pela residência definitiva que se adapte às suas necessidades. Existem sites de classificados de imóveis e, inclusive, grupos no Facebook, que tratam de vagas compartilhadas. Ao alugar uma casa, é comum que os proprietários solicitem que o aluguel seja pago adiantado e que uma caução – chamada “Bond” – referente a um mês de aluguel seja paga por segurança. Se não houver nenhum problema no imóvel no período em que esteve alugado, esse valor é ressarcido. É importante sempre observar as regras contratuais, que variam em cada caso.


           Hostel

Essa é ima excelente opção para os viajantes que procuram um lugar para ficar por um curto espaço de tempo. Geralmente, são quartos e banheiros compartilhados, o número de pessoas tende a variar conforme o estabelecimento e o valor que você estiver disposto a pagar. Essa é uma opção bem interessante para compartilhar experiências com outras pessoas, pois é possível conhecer gente do mundo inteiro. Uma dica importante é se informar das condições de cada lugar, por exemplo, se eles oferecem armários para guardar suas coisas enquanto estiver fora, café da manhã e wi-fi. Os valores médios de hostel em Perth variam de A$ 15,00 a A$ 30,00 a diária.

  • Por possuir um clima ameno o ano inteiro, qualquer mês do ano é indicado para quem quer visitar Perth. Acontece de alguns meses serem mais chuvosos, nesse caso, prefira os meses entre outubro e abril.

  • Para entrada na Austrália, é necessário apresentar o passaporte com visto válido. Esteja certo que o visto que você aplicou é correspondente ao objetivo da sua viagem.

  • Se você é daqueles colecionadores de carimbos no passaporte, fique atento, pois, algumas vezes, não é carimbada a entrada. Se acontecer com você, peça ao oficial da imigração.

  • O sistema de transporte australiano utiliza a mão inglesa, ou seja, o lado direito da rua. Fique atento ao atravessar a rua ou utilizar o transporte público. Agora, se você pretende dirigir no país, é necessário apresentar a CNH e a carteira internacional, que é solicitada no DETRAN de cada estado.

  • Apesar de que se fale pouco sobre isso, a Austrália exige Vacina de Febre Amarela para a entrada no país. Também pode ser exigida a carteira de vacinação internacional. Então, fique esperto e leve junto também o seu comprovante de vacinação, emitido pela ANVISA.

  • Na Austrália, é proibida a venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos. E muitos desses estabelecimentos, principalmente casas noturnas e bares, onde há a venda, solicita o documento que comprove a maioridade já na entrada.

  • Perth é uma cidade bastante tranquila, diferente de muitas das grandes cidades brasileiras, você não precisa andar na rua sempre na defensiva, com medo de furtos e assaltos.

  • Como o fuso horário de Perth é de 11 horas adiantado ao do Brasil, ou seja, é natural que você leve algum tempo para se adaptar. Então, tenha cuidado na hora de programar o roteiro dos primeiros dias de sua viagem, reservando um tempo adequado para o seu descanso.

O principal ponto comercial de Perth é o centro da cidade, mais precisamente no distrito de negócios, conhecido por West Perth. Quando precisar fazer compras vá para a Murray Street Mall e Hay Streel Mall, as principais ruas comerciais da região, onde você encontra uma grande variedade de lojas, das principais e mais famosas redes do país e até uma réplica do Big Ben inglês. Ainda na Hay Street, no trecho mais a oeste, é possível encontrar lojas dos mais diversificados setores, como grifes luxuosas e lojas mundialmente famosas. É possível encontrar todo tipo de produtos por lá.

Agora se você procura produtos por preços baixos, precisa visitar a Watertown, um verdadeiro paraíso para compras por preços baixos, principalmente se for época de promoção. É também um lugar ótimo para comprar itens personalizados da cidade e lembrancinhas.

E uma dica de ouro: para compras acima de A$ 300,00 em uma mesma loja, em um prazo de 60 dias antes de você partir da Austrália, é possível requerer o reembolso dos impostos pagos, o Tax Refund. Basta, na hora da compra, solicitar ao atendente que a nota fiscal especifique os tributos pagos. Na hora de deixa o país, no aeroporto mesmo, você apresenta as nota em um dos postos de atendimento, logo após passar pela imigração, juntamente com os produtos adquiridos. O processo de estorno é bem simples e é feito com crédito em um cartão que você mesmo escolhe.

Apesar de pacata a primeira vista, Perth tem uma vida noturna com boas alternativas e mais animada do que muita gente imagina. E o mais interessante, é que diferente da maioria das casas noturnas no Brasil, em Perth a entrada é free e paga-se apenas pelo consumo, assim, se você não se animar com o estabelecimento, é só ir para outro. Muitos dos bares e baladas ficam em Northbridge, outro lugar famoso por seus restaurantes e baladas é Fremantle.

Uma dica de ouro é ficar atento aos horários, pois a vida noturna australiana começa cedo, não sendo incomum você encontrar gente arrumada, pronta para a noite bem cedo, pois muitas festas começam às 18h ou 19h. E como as noites começam cedo, geralmente, o agito em Perth termina pelas 2h ou 3h da manhã.

A segunda dica é quanto ao consumo de bebida alcoólica: sempre que for comprar algum tipo destas, esteja portando documento de identificação, comprovando ter mais de 18 anos. Além disso, não se esqueça de que não é permitido ingerir bebidas alcoólicas nas ruas da cidade.

Para quem procura diversão, o Crown Casino Perth é uma ótima ideia, não só para a noite, mas também para o dia. Com pessoas de diferentes faixas etárias, o espaço oferece restaurantes, bares e, óbvio, casino!

Se bater saudade de casa, The Deen oferece banda ao vivo tocando músicas brasileiras. Bom para dançar, relembrar a terra natal e encontrar a comunidade do Brasil.

Outra boa opção é o Mustang Bar, principalmente às quartas-feiras. O espaço tem uma atmosfera jovem, área ao livre, mesas de sinuca e palco com música ao vivo.

Perth é considerada uma das melhores cidades do mundo para se viver, que oferece qualidade de vida, segurança, transporte de qualidade, educação de alto nível e uma infraestrutura impecável aos seus cidadãos. Só com isso, já é motivo suficiente para qualquer estudante escolher a cidade. Mas há, ainda, outro diferencial que muitas vezes é a questão definidora na escolha dos intercambistas: a possibilidade de trabalhar legalmente enquanto estuda na Austrália.Trabalhar durante o intercâmbio permite que você possa ganhar dinheiro suficiente para pagar seu custo de vida e lazer e até, quem sabe, conseguir juntar uma graninha.

A cidade de Perth é bastante receptiva com os estrangeiros e, no que se refere à oportunidade de trabalho, ocupa uma posição invejável por conta da estabilidade econômica da cidade. A maioria dos estudantes consegue empregos de meio expediente em algum momento de seus estudos. Os trabalhos mais comuns são como garçom, pintor, ajudante de limpeza, babá, jardineiro, em hotelaria, vendas, informática, restaurantes, supermercados. São empregos que não exigem muita qualificação, porém você pode se candidatar a qualquer um deles, basta cumprir as exigências. Mas, é claro, quanto mais qualificado o trabalho, mais imprescindível de que você fale inglês fluentemente. Por isso, a importância de dominar o idioma. E, independentemente do trabalho que você fizer, pode estar tranquilo sabendo que ele será bem remunerado. Isso porque a Austrália possui um dos maiores salários mínimos do mundo, de A$ 18,29 por hora, desde julho de 2017.

  • Perth foi eleita, em 2017, pela revista inglesa The Economist como a 7ª melhor cidade do mundo para se viver.

  • A cidade já possuiu outros nomes: a região era chamada pelos aborígenes de Boorloo. Já os britânicos a chamavam de Swan River Colony, por causa do Rio Swan, que se estende pela cidade.

  • Perth também é conhecida como a Cidade Luz, pois quando John Glenn orbitava a Terra no meio da madrugada, a cidade em peso acendeu as luzes para que Perth fosse vista do espaço.

  • E fazendo jus ao apelido de Cidade Luz, Perth tem a honra de ser a cidade com mais horas de luz solar no mundo durante o ano. De acordo com as estatísticas, há pelo menos 8 horas de sol durante os 365 dias de cada ano.

  • A cidade oferece ônibus gratuitos, que rodam no centro da cidade, são os famosos CAT’s.

  • Perth é a segunda capital mais isolada do mundo, a 2,8 mil km de distância de Adelaide, a metrópole mais próxima. Perde somente para Honolulu, a 3800 km de São Francisco.

  • Perth é a cidade australiana que mais exporta e, com isso, é bastante rica.

  • É proibido beber na rua, na Austrália.

Hora

Temperatura

+7
°
C
H: +15°
L: +
Perth
Quinta-Feira, 17 Agosto
Ver Previsão de 7 Dias
Qua Sex Sáb Dom Seg Ter
+ +18° +15° +16° +17° +20°
+ +10° +13° + + +
Receber promoções por e-mail


Política de privacidade
'