Estudar Inglês no Hawaii não é impossível, é estudar no paraíso!

Tags: eu fui usa

28/04/2015

Há mais de um ano fui escolher um destino de viagem e, depois de muito pensar, decidi que queria conhecer o Hawaii… por vezes fiquei um pouco inseguro, pensei que não tinha feito a melhor escolha, que a distância era muita e coisas do gênero. Hoje agradeço muuuito por ter seguido firme na ideia e também por ter escolhido a Estudar no Exterior, que me deu um suporte ímpar, não me deixando sozinho do primeiro ao último minuto!

hh

Todos me diziam que o Hawaii não era lugar pra estudar, mas pasmem, é sim! Passei um mês estudando na Global Village, uma escola linda com vista pro mar, infraestrutura maravilhosa e aulas muito, mas muito divertidas e produtivas! Junto com a agência, escolhi ficar em um residencial estudantil (Kapiolani Residence) super confortável e bem localizado, com preço pra lá de acessível (mais barato, mais legal e melhor localizado que as casas de família, que na sua maioria eram longe de tudo). Para quem quer mais conforto, existem outras residências com a Island Colony (bem carinha, mas com um luxinhos legais) e a Kaimuki (quartos individuais, mais festinhas, mas muito longe da escola). Você vai ficar em uma delas, mas vai conhecer todas, pois o pessoal mora espalhado e sempre tem confraternizações, churrasco (ou aquilo que eles pensam que é churrasco), campeonato de beer pong e coisas do gênero.

Lá todo mundo tem bicicleta, então compre a sua! No wallmart elas são bem baratinhas, mas ainda dá pra conseguir alguma usada… é ótimo porque facilita tudo, você vai poder acompanhar os outros (que com certeza também estarão de bike) e o melhor, a gente pode pendurar a bicicleta no ônibus, andar e depois tirar ela, ou seja, da pra viajar a ilha todinha, descer, pegar sua bike e explorar! Como dizia uma amiga: “Simplesmente amazing!”

Sobre bus: baixe o aplicativo DaBus ou o Transit! Eles te dão todas as rotas e tempo de espera, é muito bom! Quem não tinha me invejava! Se achar que vale a pena dá pra comprar o passe do bus por $60 pro mês todo (encontra na 7eleven – lojinha pra comer “barato” – e na ABCstore – paraíso dos souvenirs, uma em cada esquina) e também é bom comprar um chip de celular da AT&T no shopping Ala Moana (o melhor shopping forever) na frente da escola! Vai ter telefone e internet que voa o mês todo bem baratinho!

Sobre passeios: a escola te dá um suporte muito bom… tem um cara que sabe lugares legais pra ir até se tiver dando terremoto! Se você tiver dúvidas eles vão te ajudar muito, agora na questão de fazer passeios pela escola a história já muda de figura! Os passeios que eles oferecem são mais caros do que se você fizer por conta… tem algumas trilhas legais que valem a pena e também passeio de barco, mas o resto não compensa muito não! Se você quiser ir pra outra ilha, por exemplo, o preço é astronômico (talvez seja legal por estar em turma e tal, mas não se preocupe quanto a isso, por que todo mundo faz muitos amigos, vocês podem se dividir em grupos de até 5, comprar passagens de avião, alugar um carro e ir – foi o que eu fiz e economizei 200 dólares). Se for pra outras ilhas eu indico 3, na seguinte ordem: Big Island (paraíso dos vulcões e das areias coloridas), Kauai (Ilha Jardim, com muitas trilhas, canions e cachoeiras de cair o queixo) e Maui (não fui, mas me disseram que parece Gramado a beira mar).

hwaiihwhww

O que fazer em Oahu: Ohahu é a ilha onde você vai ficar. Eu poderia falar o dia todo, conheci tudo e mais um pouco, saí de casa todos os dias! Não deixe de fazer isso, pois cada canto dessa ilha é mágico! Você pode pesquisar passeios em blogs, a agência com certeza vai saber te dar uma boa ideia de lugares pra ir, assim como a escola depois! Amigos também são uma boa forma de descobrir o que fazer, fui a lugares lindos por indicação de amigos!

É importante saber que você só é maior de idade pós 21 anos (antes disso na teoria você não pode beber, alugar carro, dirigir, e ir a festas). O lado bom é que sempre vai ter gente pra dirigir pra você, você pode beber com os amigos nos residenciais e só não pode sair de noite (o que é ótimo, pois as festas deles não se comparam com as do Brasil, então você não perde nada e ainda está super disposto pra desbravar a ilha no outro dia).  O único tipo de “festa” que é top, são os luais, eu indico o Paradise Cove ou o Polynesiam Cultural Center (mas chegue de mente aberta, pois apesar de legal não é uma festa de verdade como nós imaginamos, é mais um show).

hawaii 2 hawaii dep

 

Respeite as leis, pois você pode ser multado por qualquer coisa no Hawaii e leve bastante dinheiro pra comida (a coisa mais cara de todas e, sinceramente, bem meia boca).

Acostume-se a ouvir Aloha o dia inteiro, receber muitos abraços, ver pessoas com colares de flores e roupas coloridas por todos os lados, encontrar dançarinas(os) de hula e tocadores de hukulele nos lugares que você menos espera, ver o tempo mudar como louco em minutos e formar arco íris quase que diariamente. Enfim, o Hawaii é estranhamente maravilhoso e não tem como não amar!! Desde o primeiro dia eu morro de saudades!

hhhhwa

Só tenho a agradecer a Estudar no Exterior, personificados em Cristina e Roberto, por tudo isso!!

                                                 MAHALO! 

Essa foi a experiência do José Ricardo com a Estudar no Exterior. Que tal começar a planejar a sua? Quer curtir as férias de um jeito diferente ou está pensando em passar uma temporada no exterior se qualificando? Venha com a Estudar no Exterior, e assim como ele DESCUBRA UM MUNDO DE CONHECIMENTO E OPORTUNIDADES!



Contato