Dicas de viajante: evitando inconvenientes

Tags: dicas

14/08/2017

Uma das grandes preocupações da maioria das pessoas, antes de embarcar em uma viagem é: “o que eu levo?” Em alguns casos, isso é realmente muito relevante e necessário, afinal é preciso levar opções adequadas, como sandálias indo à praia, ou suas botas para neve. Ninguém precisa de um gorro de lã no Caribe, não é mesmo?

Mas, além destes itens fundamentais de vestuário, existe algo imprescindível e que por vezes é ignorado por muitos viajantes: sua condição de saúde. Mesmo que seja ignorada pela maioria dos viajantes, ou mesmo desconhecida a necessidade, é realmente crucial para que não haja nenhum inconveniente. Nós preparamos um check list – com uma ajudinha do nosso parceiro Assist Card – com dicas importantes, para que vê possa aproveitar sua viagem plenamente, sem que seja surpreendido por algum imprevisto.

Vamos conferir?

Antes de sair

Sugestão:

  1. Realizar um check up de saúde anual antes de iniciar a viagem: consulta clínica, oftalmológica, odontológica, ginecológica – se for o caso – e qualquer outra especialidade que venha a ser necessária em caso de já possuir alguma doença crônica.

  2. É necessário estar com a sua certeira de vacinas em dia. E também é aconselhável realizar uma consulta com um médico para que ele possa avaliar melhor seu caso. Porque dada a atividade a ser realizada, o tipo de exposição que você terá o alojamento e o tempo de viagem, a condição do país de destino, entre ainda outros fatores, podem ser solicitadas vacinas ou mesmo adicionais.

  3. Uma dica importante é sempre levar um cartão de identificação no idioma local, com os seus dados pessoais, grupo sanguíneo, alergias, doenças crônicas – nesse caso, se faz uso de medicação, o nome genérico ou composição. Além disso, se você viaja com crianças, não se esqueça de portar os dados delas também, okay?

  4. Ainda sobre medicação, caso você tem alguma doença e necessita de medicação em forma crônica, recomenda-se levar uma cópia das receitas médicas e, preferencialmente, no idioma local.

  5. Deixe com algum familiar ou mesmo amigo próximo uma cópia do seu itinerário, informações de contato, dados do seu cartão de crédito e a cópia do seu passaporte. Uma dica importantíssima é digitalizar o seu passaporte e demais documentos e deixar em alguma plataforma de armazenamento virtual – como o Google Drive, OneDrive e DropBox – ou mesmo enviar por e-mail para o seu próprio endereço.

  6. Confira previamente os dados de contato e endereço do consulado brasileiro no destino que está viajando.

  7. Tenha atenção para contratar um seguro de assistência de viagem que cubra todo o seu período de estadia e que possua cobertura financeira suficiente para a sua necessidade. Não se esqueça de que, caso precise realizar algum procedimento no exterior, pode custar muito caro.

No destino

Nos últimos tempos tem se percebido como um dos problemas de saúde com certa frequência entre os viajantes, com um número considerável de casos, as doenças de transmissão sexual. Ninguém tem o intuito de trazer ou sequer insinuar qualquer tipo de moralismo, mas algumas medidas são extremamente necessárias como forma de proteção:

  1. Utilizar preservativo sempre.

  2. Não fazer uso de drogas, de nenhum tipo, para evitar qualquer tipo de risco de contágio de alguma doença ou mesmo de intoxicação.

  3. Moderar e limitar o consumo de álcool.

  4. Não compartilhar elementos que possam lesionar a pele, como agulhas de tatuagem ou acupuntura.

Outra questão que deve sempre ser considerada é o respeito às leis e aos costumes sociais do país de destino, assim como também o cuidado com o meio ambiente. É importante destacar que quando viajamos, não conhecemos as vivencias de outras culturas e algumas vezes pensamos que estamos fazendo algo que será bem visto e, no fim das contas, nem sempre assim acontece. Tenha sempre cuidado e pesquise quanto aos costumes locais.

É também importante levar sempre uma cópia do seu passaporte ao sair na rua e garantir que ele esteja sempre a salvo na sua hospedagem.

Serviços de saúde

No momento de solicitar o serviço de assistência ao viajante, deve se considerar algumas questões importantes.

  1. Oferecer a maior quantidade informações possível quanto à localização;

  2. Informar pontos de referência próximos (como instituições públicas conhecidas, centros comerciais, etc.)

  3. Oferecer todas as formas possíveis de contato: telefone fixo, celular, e-mail.

  4. Entrar em contato sempre com a central de assistências antes de buscar um serviço de saúde, já que eles podem te cobrar pelos serviços prestados, pois nem todos os estabelecimentos aceitam o pagamento por parte de seguros.

  5. Em caso de cobertura de medicamentos, é sempre por reembolso.

Fonte: Departamento de Assistências de ASSIST Card

Lembrando que o serviço de assistência de viagem é a forma mais segura de curtir sua viagem sem preocupações.

E aí? Gostou das nossas dicas? Se você tiver interesse em algum assunto ou tema, escreva para nós nos comentários.

See you soon!

Traduzido e adaptado por Candace Bauer